Início

Dicas para ter uma lua de mel perfeita

Deixe um comentário

A Lua de Mel é o momento mais esperado do casamento, o momento de relaxar, aproveitar e curtir o primeiro contato da vida a dois. Para não ter nenhuma surpresa desagradável e poder ter todas as regalias dessas férias especiais, abaixo seguem cinco dicas fundamentais para deixar tudo ajeitado para esta viagem.

1 – Quanto você pode investir?  A primeira dica é também uma das mais importantes. Antes de escolher o destino, pense no quanto que você poderá gastar com sua lua de mel, desse modo você pode descobrir as outras etapas: o local, destino internacional ou nacional, qual tipo de hospedagem você terá, entre outras informações.

2 – Planejamento antecipado:  É comum nos focarmos muito no grande evento e acabarmos deixando de lado a lua de mel. Use a lua de mel como uma folga para toda a correria dos preparativos do casamento, faça um planejamento calmo e agradável, escolhendo todos os detalhes, assim você economiza dinheiro, tempo, paciência e talvez fique mais próxima de realizar seu sonho de viagem.

3 – Investigue as opções: aproveite a internet para vasculhar por opções de agências, hotéis, restaurantes e locais turísticos. Hoje em dia, encontramos inúmeros sites que nos permitem descobrir a opinião de consumidores por diversas coisas. Desse modo você evita dores de cabeça com empresas enganosas ou lugares que fazem muita propaganda, mas não são tudo isso.

 4 – Analise bem a hospedagem: Não importa se você escolheu por um hotel, um chalé, ou até mesmo uma casa para passar sua lua de mel. É importante ver se o local realmente comportará as suas necessidades, você não vai querer ficar desconfortável nas melhores “férias” de sua vida.

5 – Faça uma lista de tudo que pretende levar e trazer: Nesses momentos é comum esquecer as coisas, fazer as malas apressadamente com toda a empolgação e quando está no local, nota que esqueceu coisas importantes para sua estadia. Para evitar esse tipo de problema, faça uma lista com tudo que você pretende levar, desde peças íntimas, até remédios fundamentais, roupas para noite, entre outras coisas. E também faça uma lista de presentes, o que você pretende trazer para seus amigos e familiares, assim você não esquece ninguém.

Flores e seus encantos!

Deixe um comentário

As flores encantam e trazem leveza, beleza e harmonia para os ambientes. Com cuidados básicos é muito fácil criar um mini jardim com flores plantadas em vasos.

Daremos dicas de algumas flores bem populares e de fácil cultivo.
Violeta – é uma planta delicada, que deve ser cultivada a meia sombra e com regas regulares. Possui várias formas e cores.
Begônia – flores vistosas e de cores variadas. Devem ser cultivadas em ambientes protegidos e com regas regulares.
Gérbera – suas flores tem pétalas com cores vivas e o centro também pode ter cores diferentes. Ela é excelente flor de corte, muito utilizada em arranjos florais. Devem ser cultivadas a meia sombra e  com regas regulares.
Ciclame – uma planta sofisticada, as flores são seu diferencial, de pétalas invertidas, podem apresentar diversas cores. Cultivar em locais protegidos e regar regulamente.
Azaléia – há muitas variedades com portes e cores diferentes. Devem ser cultivadas em meia sombra e com regas regulares.
Lírio – uma flor de aspecto exótico. Devem ser cultivados em locais iluminados e devem ser regados de 2 a 3 vezes por semana.
Campânula – suas flores tem forma de sino, podem ter várias cores. Devem ser cultivadas a meia sombra e devem ser mantidas sempre com a terra úmida.
Flor da Fortuna – tem um significado especial, é considerada a flor da fortuna e da felicidade. Pode ter muitas cores. Devem ser cultivadas a meia sombra e com regas regulares.
Primula – chamam a atenção por suas flores de cores vibrantes. Possui diversas cores. Cultivar em locais frescos e longe do sol forte, a meia sombra com regar periódicas.

 

Decoração com cara de primavera!

Deixe um comentário

A decoração deste casamento é uma inspiração super suave e ao mesmo tempo com a cara da primavera pelas cores usadas!!!

Branco e Preto para os contemporâneos!

Deixe um comentário


Para melhor atender os seus clientes, a Estação das Flores esta aumentando o numero de colaboradores!

Deixe um comentário

 
Venha fazer parte da nossa equipe!

Plantas para interiores!

Deixe um comentário

Você pode cultivar belas plantas dentro de sua casa, basta saber algumas coisinhas como: a planta correta, o tamanho do vaso, como funciona a irrigação dessa planta, o grau de luminosidade que esta planta necessita…
As plantas internas geralmente não necessitam de muito sol, apenas da luminosidade. Podemos fazer uma classificação simplificada das espécies, de acordo com o nível de luminosidade.
Plantas de pleno sol: necessitam de 4 horas diárias de sol direto;
Plantas de meia sombra: não recebem sol direto em nenhuma parte do dia, no entanto necessitam de 4 horas diárias de luz indireta;
Plantas de sombra: recebem apenas luz difusa, entre 4 e 6 horas por dia, sem sol ou claridade direta.
Aqui vão algumas dicas de plantas que se comportam bem em ambientes internos.
Palmeira Areca ou Areca Bambú – apresenta rápido crescimento. Aprecia umidade do ar elevada, e por este motivo não deve ser usada em ambientes com ar condicionado.

Pleomele Verde, Dracena Malaia ou Pau D’água – crescimento moderado. Tolera ambientes com baixa luminosidade. É uma das plantas recomendadas para a purificação do ar em interiores.

Palmeira-Rápis, Ráfis ou Palmeira Dama – crescimento lento. Deve ser irrigada regularmente pois aprecia a umidade, mas não tolera o encharcamento.
Aglaonema ou Café de Salão – necessita de boa ventilação e não suporta ambientes secos ou com ar condicionado. São rústicas e não necessitam de cuidados muito especiais. Apreciam o calor e a umidade.
Licuala – crescimento lento. Gosta de ambientes iluminados. No tempo quente e seco, deve-se vaporizar as folhas para fornecer umidade. Regar abundantemente durante todo o ano
Lírio da Paz – crescimento rápido. Deve ser cultivada sempre a meia sombra. Regas frenquentes. Não tolera o frio.

Pacová – folhagem de pequeno porte. Esporadicamente apresenta flores. Não suporta baixas temperaturas. Gosta da terra sempre úmida.

Zamioculcas – crecimento lento. Gosta de locais com baixa luminosidade. Irrigação regular, mas sem encharcar.

Espada de São Jorge – crescimento lento. Resiste tanto a estiagem como ao frio e ao calor.

Lança de São Jorge – gosta de sol e luminosidade. A rega pode ser feita uma vez por semana.

Rosa de Pedra  ou Bola de Neve – uma das suculentas mais populares. Cultivadas a pleno sol. Regas periódicas. São tolerantes ao frio subtropical.

Pétalas e Flores ao ar livre!

Deixe um comentário

Older Entries

%d blogueiros gostam disto: